• Sensores externos: Sensores externos tem a finalidade de detectar intrusos e acionar a central de alarme antes mesmo de ocorrer uma intrusão. Os Sensores podem ser barreiras, de movimento, etc…
  • Sensores internos: Indicados para ambientes que sejam fechados e necessitem de proteção, detectam intrusos e acionam a central de alarme. São diversos os tipos tendo aplicações diferentes para diferentes
    ambientes.
  • Centrais de alarme: A central é responsável por gerenciar todo o sistema de alarme e comunicar com a central de monitoramento. As centrais podem utilizar de comunicação por ethernet, gprs ou linha telefônica.
  • Interfone condominial: Dispositivos para gerar mais segurança e conforto para os moradores do condomínio. Permitem comunicação entre os moradores, portaria e visitantes. Também podem ser integrados com sistema de controle de acessos.
  • Interfone residencial: Dispositivos para gerar mais segurança e conforto para sua residência ou comércio. Permitem comunicação entre a residência e visitantes. Também podem ser integrados com sistema de controle de acessos.
  • Vídeo porteiro: Modernos sistemas que integram sistema de interfone com sistema de vídeo, podem ser individuais ou coletivos, permitem integração com controle de acessos.
  • Controladores:  O sistema de controle de acesso condominial foi desenvolvido para proporcionar segurança, praticidade e conforto aos moradores de condomínio. Registra e gerencia todo o fluxo de pessoas e automóveis através do uso de dispositivos de identificação com alta tecnologia.
  • Fechaduras Eletrônicas: São dispositivos que complementam um sistema de controle de acessos. São diversas as vantagens como travamento automático, eliminação de chaves etc.
  • Leitores: O leitor é um dispositivo auxiliar de controle de acesso, que facilita o registro de entradas e saídas dos ambientes. Além de autenticação por cartão de proximidade (RFID) ou biometria digital, ou biometria facial.
  • Gravadores: Os gravadores digitais são dispositivos eletrônicos que gravam vídeos com alta compressão em formato digital em unidade de disco, ou em outro local ou em rede. Os gravadores podem ser de 4, 8 16 ou 32 canais.
  • Câmeras de Segurança: As câmeras de seguranças são usadas para monitorar e controlar ambientes, elas capturam e as imagens e transmitem para um gravador local ou em rede que armazena as imagens no HD instalado no sistema de segurança.